Blog

Como o Big Data está mudando as oportunidades para atender clientes no SMB

Em um artigo anterior do Story Miners,compartilhamos insights sobre as tendências deste ano na experiência do cliente. Foi mencionado que inovações como IA, IoT e realidade virtual mudarão a forma como os consumidores interagem com os vendedores. Isso foi no início deste ano, e muitas dessas projeções já estão acontecendo, com assistentes virtuais inteligentes, compras de realidade aumentada e outros avanços semelhantes no varejo agora se tornando mainstream.

Mas o que todas essas inovações têm em comum? Todos eles são executados por dados, ou mais especificamente – big data.

Várias empresas agora têm um meio poderoso para entender melhor todos os aspectos relacionados aos seus clientes. O big data facilita a realização de qualquer tipo de análise para prever ou adaptar-se com precisão ao comportamento do cliente.

O artigo “Desbloqueando o Big Data Goldmine para SMBs” na Wired explicou como os SMBs podem se beneficiar da utilização de big data. Considerando que muitas empresas nessa categoria têm como alvo grupos de clientes específicos, o big data pode ser usado para formular estratégias de marketing que são adaptadas para seus clientes. Além disso, os proprietários do SMB podem permanecer no circuito em termos de hábitos de gastos e tendências de compra através de mídias sociais, sites de revisão de produtos, bem como fóruns públicos.

O big data também é responsável por outros processos no início das operações comerciais, como a aquisição de produtos. Os operadores da frota que transportam mercadorias estão reduzindo seus prazos de entrega através do auxílio de sensores e dispositivos de registro eletrônico. A Fleetmatics especificou como esses dispositivos fornecem informações necessárias aos motoristas para que eles aumentem a eficiência, agilizando assim o fluxo da cadeia de suprimentos. O resultado para os usuários finais – neste caso os clientes – é um serviço mais rápido e melhor.

Em relação à seção anterior, o Customer Think afirmou que o big data pode ser usado por SMBs na indústria automobilística para ajudar os clientes quando se trata da manutenção ou reparo de seus carros. As complexidades envolvidas em tais tarefas podem ser estabelecidas de forma amigável ao cliente, o que pode até desenvolver relacionamentos cliente-vendedor no processo. Este é apenas um exemplo, e abordagens semelhantes podem ser integradas em outras indústrias.

Embora tudo acima soe impressionante no papel, o que é mais surpreendente é que agora existem exemplos reais de aplicativos que melhoraram as experiências dos clientes possibilitadas através de big data. A Business Wire contou como um provedor de software de escritório de escritórios de escritórios para SMBs, com sede nos EUA, usa big data para ajudar os proprietários em tarefas como monitorar o feedback dos clientes, analisar receitas comparativas e, mais importante, criar programas exclusivos que tragam melhores experiências aos clientes.

Além disso, Business.com identificaram algumas SMBs que adotaram soluções totalmente digitais em termos de processamento de produtos e métodos de pagamento. O modelo de negócio “sem checkout” está sendo explorado por SMBs e grandes empresas, pois é considerado a próxima revolução desde os pagamentos de digitalização/furto.

O mais importante de tudo é que o big data pode servir de base para conceituar e implementar projetos e programas que permitam às PME dar algo além de produtos e serviços – valor do cliente. No final do dia, não se trata apenas de atrair clientes, mas sim de promover bons relacionamentos como mencionado anteriormente. A retenção de clientes é tão vital quanto qualquer outro aspecto do negócio, especialmente se você pertence à classificação pequena e média.

Escrito por Alisha Chistin
Exclusivo para storyminers.com

Compartilhe esta página

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Nosso site usa cookies para entender o uso do nosso site e para lhe dar uma melhor experiência. Se você continuar no site ou fechar este banner, você concorda com o nosso uso de cookies.